"Hell yeah!" or "No"

Frequentemente ouço reclamações de quem diz ter projetos demais. Coisas demais pra fazer e tempo de menos pra fazer o que realmente querem.

Todos nós temos as mesmas 24 horas em um dia pra nos dedicar ao que quisermos. Como poucas pessoas fazem tanto e tantas pessoas fazem tão pouco trabalho significativo?

Afirmar com clareza meus "sims" e meus "nãos" me proporcionou abrir espaço pro que é mais importante pra mim.

Se digo muitos "sim, é ok, serve" encho minha vida de coisas que não são significativas.

Cada "não" bem dado tem o poder de reafirmar meus "sims". Se tenho dúvida, digo não. Se me toca e desafia de verdade, digo sim.

Eis aqui um minuto que pode te fazer economizar muitos outros ao longo da vida. Dê o play.

Minha tradução livre:

"Claro que sim!" ou "Não".
Você pode usar a mesma regra em si mesmo, se você se compromete demais ou lota sua agenda. Se você não está dizendo "claro que sim!" sobre alguma coisa, diga "Não".
Ao decidir fazer algo, se você sentir nada menos do que "Uau! Isso seria incrível! Com certeza, claro que sim!", então diga: "Não".
Quando você diz não à maioria das coisas, você tem espaço em sua vida para se lançar por inteiro nas raras coisas que faz você dizer "Claro que sim!".
Todo evento para o qual você é convidado. Cada solicitação para iniciar um novo projeto. Se você não está dizendo "Claro que sim!" pra isso, diga "Não".
Estamos todos ocupados. Todos nós já nos comprometemos demais. Dizer menos "sim" é o caminho.