Limite criativo

Pouco tempo. Poucos recursos. 140 caracteres. Uma folha, um lápis e só. É isso.

Podemos criar limites criativos. E quanto mais precisos e inadiáveis, melhor. "Em cinco minutos" é mais poderoso do que "até amanhã".

Limitações não geram, necessariamente, qualidade. Mas geram avanços. Avanços que geram qualidade ao longo do tempo.

Quando começamos o trabalho criativo enxergando suas bordas, nos sentimos mais seguros sobre até onde podemos ir. Assim, vamos.

Limitações nos colocam mais próximos da conclusão, já de largada. E isso é ótimo pra começar.  E quem sabe até extrapolar nossos próprios limites.