O defensor do medíocre

O defensor do medíocre prefere não se incomodar.

Ele acredita que as coisas sempre foram assim.

E, assim, precisam continuar. Vamos deixar quieto.

O bom defensor do medíocre não toma partido, fica em cima do muro e ainda o defende.

Ele tem medo do que a vida pode trazer de novo.

Ele se nega a abraçar a diversidade, o caos e o outro.

Por isso, prefere passar em branco e não ser percebido.

O defensor do medíocre é pró-status quo. É pró-paralisia.

É anti-mudança, anti-vida.