Fale como se você fosse você

Seu projeto é uma expressão de quem você é. Por isso, você não precisa falar dele como se fosse mais importante, mais sério, mais profissional do que você mesmo. Não é necessário posicionar seu negócio como se ele fosse uma instituição sem (a sua) personalidade.

Somos alvos diários de mensagens insípidas de marcas que tentam ser genéricas. A indústria tem como característica a padronização robotizada. Por isso, sofre e investe muito dinheiro pra dar um toque humano na própria voz. Um novo e pequeno negócio não precisa disso. Ele já é leve e feito à mão.

Se o projeto é verdadeiramente seu, seja pessoal na comunicação. Essa é a oportunidade de pôr um pouco de você no mundo e tocar quem realmente importa. É a chance de ser amado por ser você mesmo.

As pessoas sentem quando você não está sendo você. Não é legal parecer estar tentando enganar alguém. Essa é a pior impressão que você pode passar.

Fale como se você fosse você. Afinal de contas, disso você não pode escapar. É mais fácil falar com a sua voz do que tentar encontrar outra.