Faça você mesmo

A pergunta é: como começar o seu projeto sem depender de ninguém?

Veja bem, isso não significa que você trabalhará sozinho, pra sempre. Estamos falando sobre o primeiríssimo passo. Sobre começar, apenas.

Descobri que sempre é possível iniciar fazendo você mesmo. Sempre. Há tecnologia disponível e informação suficiente no mundo pra você mesmo arregaçar as mangas e iniciar. Seja lá o que for.

Costumamos cristalizar a ideia de que precisamos de um conhecimento, uma habilidade ou um dinheiro que não temos. É assim que criamos um bloqueio. Paralisamos e ficamos esperando o jogo virar.

O jogo não vira sozinho. Perdemos tempo e aprendizados riquíssimos ao esperar por algo ou alguém. Deixamos de aprender sobre nossa ideia, nosso cliente e nós mesmos se não nos prestamos a experimentar, fazer e entregar.

Em muitos dos casos, a pessoa que esperamos é um programador, ou um designer. Eu sou um designer. Vou te dar uma boa notícia: você não precisa de mim pra começar. Existem muitas ferramentas pra você mesmo fazer o que precisa.

Quer design? Comece com o Canva. Quer um site? Use Wordpress, Squarespace. Lance sua ideia no Youtube. Faça um grupo, uma página ou um evento no Facebook. Todo serviço do mundo pode ser testado com essas ferramentas. Quer um protótipo de um produto? Faça de papelão, isopor, papel, durex.

Empreender é dar uma de MacGyver. Comece com o que você já tem. Será o melhor resultado do mundo? Não. Porém, será muito mais real do que sua ideia. Você estará muito mais perto de entregar o valor que se propõe do que se ficasse só buscando seu time perfeito.

Depois, você melhora. Com alguma coisa pra mostrar, aí sim você pode buscar alguém pra pegar junto.