Seu projeto já é bom, pra alguém

Mesmo que você ache você mesmo, seu serviço ou produto horrível, há grande chance de serem suficientemente bons pra alguém. É pra essa pessoa que você vai vender. Tem muita gente no mundo.

Na verdade, é uma perda de tempo definir o que é bom e o que é ruim. Cada pessoa do mundo tem seu critério. Então, estamos falando de uma escala de um a sete bilhões. Aprendi com o Austin Kleon.

Nenhuma avaliação é absoluta, de fato. É só uma questão de momento. Seu projeto é adequado pra alguém hoje. Se não, será amanhã, ou em outra hora, se ele evoluir.

Sua oferta e seu cliente só precisam se encontrar.