Criar é lidar com a frustração

Se você está criando, está pensando à frente. Está sonhando, imaginando, fazendo planos e se distanciando da realidade.

O que é maravilhoso, é um milagre que só os humanos conseguem proporcionar.

Mas, se você está fazendo, está lidando com uma frustração natural do processo criativo. Sempre há uma distância entre o imaginado e o feito.

O ato de fazer nos põe de volta ao presente, nos coloca diante de limitações reais, que são sempre mais duras do que a fértil imaginação do criativo.

Logo, o que você faz é sempre menor do que você imagina.

Você pode paralisar por conta dessa frustração. Sofrer, achar que é incapaz e desistir.

Ou, você pode lidar com isso e continuar.

Assim, terá a chance de criar uma casca. E entender que o que você está fazendo não é o que imagina. Mas tudo bem, faz parte do caminho pra chegar lá.

Lide com isso.