Dez aprendizados que tive com o Unlock

O Unlock é um dos meus mais recentes empreendimentos. É mais do que uma plataforma de financiamento coletivo recorrente sem taxas e sem curadoria. É uma fonte de aprendizados maravilhosos sobre dinheiro, a vida, o universo e tudo mais.

Eis alguns deles:

1. Entregue valor, quem ganha é você

Doe, entregue, distribua o que você faz de melhor. É impressionante como a generosidade de quem entrega valor é recompensada rapidamente. O ditado está certo, é dando que se recebe. Quanto mais você entrega, maiores são as chances de ser beneficiado, e financiado coletivamente.

2. Seja consistente

Um apoio recorrente faz sentido quando sustenta uma iniciativa que também é recorrente. Se você quer ser financiado coletivamente pelo Unlock, você só terá essa oportunidade se for consistente e fizer um projeto perene, que tem uma entrega frequente e clara.

3. As pessoas são generosas

É surpreendente como há muita generosidade nas pessoas. Muito mais do que imaginamos. Tem muita gente querendo pagar e sustentar projetos que as tocam, que resolvem grandes problemas e que são acessíveis. Nós podemos confiar na generosidade. Mas precisamos ser generosos também.

4. Não crie expectativas

Um projeto de financiamento coletivo não é sinônimo de dinheiro fácil na internet. É preciso trabalho, entrega, consistência, transparência. Sua meta financeira não vai vir de um dia pro outro. É preciso lidar com o tempo das coisas e olhar pro copo meio cheio, cuidar da relação com os apoiadores e pouco a pouco ampliar o círculo.

5. Abra canais para receber

Se eu não tivesse criado o meu próprio Unlock, teria recebido algum apoio? Provavelmente, não. Nós precisamos criar canais para receber. É necessário abrir caminhos para a gentileza. Vamos deixar as pessoas financiarem o que elas querem que exista.

6. Dê visibilidade a sua entrega

Nós todos queremos financiar aquilo que é importante, claro, visível, transparente, compreensível. Por isso as recompensas funcionam tão bem no financiamento coletivo, em geral. A pergunta que todo mundo faz é: "o que eu ganho apoiando esse Unlock?". Se o ganho for grande, eu serei um apoiador.

7. Peça ajuda, peça apoio

Não adianta nada criar seu Unlock e manter ele escondido. É fundamental lembrar as pessoas que você precisa da ajuda delas. Estamos todos ocupados demais, distraídos demais. Existem pessoas querendo apoiar sua iniciativa, mas talvez elas não estejam se dando conta de como fazer. É importante mostrar pra elas como. Amanda Palmer nos ensina.

8. Fluxo é melhor que acúmulo

É muito mais interessante receber com recorrência do que de uma vez só. O dinheiro distribuído ao longo do tempo torna sustentável uma inciativa perene. O apoio recorrente financia o processo, e não apenas o produto final.

9. Agradeça

O financiamento coletivo é um exercício de gratidão. De todas as partes. Agradecer é de graça, nos conecta e nos aproxima. Muito obrigado!

10. Estamos só começando

A cada dia são mais iniciativas, mais apoios, mais gente na comunidade, mais pessoas financiando o próprio Unlock. Tudo isso está nos trazendo mais aprendizados, mais profundidade e mais compreensão sobre esse ecossistema. Que momento incrível para se viver. Há muito por vir.

Se você quiser apoiar o Unlock do Unlock, com qualquer quantia, clique aqui. Você escolhe o valor e contribui mensalmente através do cartão de crédito. Você suspende quando quiser. Seu apoio é muito significativo pra nós. Obrigado!