Dor é um combustível para mudança

"Se você não estivesse insatisfeito, deprimido, ou zangado com alguma coisa no mundo, você não teria nenhuma razão para ir atrás de seu sonho.” Ben Arment

Se não há uma frustração que dói, não há motivo para tomar qualquer iniciativa.

Tendemos à economia de energia. Somos naturalmente acomodados. Temos um talento nato para a tolerância.

Agora, se o incômodo te toca violentamente, o jogo muda.

Nesse caso, é impossível não fazer nada. Não adianta esperar, reclamar, se lamentar, pôr a culpa em alguém, se eximir.

O problema bate à porta, e é seu. É um combustível para mudar.

Encare como um presente.