Comece pelo porquê

Do livro "Por quê?" de Simon Sinek.

· Pense de dentro para fora (começando pelo porquê), e não de fora para dentro (começando pelo o quê). Comunicar o porquê promove um sentimento de pertencimento.

· O objetivo é fazer negócios com pessoas que acreditam no que você acredita.

· As pessoas não compram o que você faz, elas compram por quê você faz. O que você faz simplesmente prova o que você acredita.

· Funcionários animados e clientes que acreditam em sua causa são os mais poderosos recursos que uma organização pode ter.

· Incentivos financeiros ou punições não motivam as pessoas em um nível profundo e emocional.

· Manipular clientes pode funcionar a curto prazo, mas isso não fomenta a confiança e, em última análise, é contraproducente.

· O Golden Circle é composto de três círculos concêntricos. O que é a camada externa, a camada do meio é o como e o porquê é o núcleo.

· Ter lucro é resultado do o que e do como, não do porquê.

· A Lei de Difusão na inovação diz que 2,5% são inovadores, 13,5% são os precoces, 34% são a maioria inicial, 34% são a maioria tardia e 16% são os retardatários. Se você deseja sucesso de massa, você tem que alcançar o ponto de virada de 15 a 18% do mercado.

· A maioria inicial não vai aceitar algo até que os precoces tenham experimentado e aceitado, e você não terá precoces até que eles acreditem no que você tem.


Estou de férias. Enquanto isso, este blog não pára. Ao longo de dez dias, publicarei "131 ideias de ações de dez livros que eu gostaria de ter lido anos atrás". É a minha tradução deste artigo aqui. Seguimos conectados!