Pergunte às pessoas o que elas querem

Estou escrevendo um livro com o Gabriel Gomes e o Luciano Braga para ajudar as pessoas a tirarem suas ideias do papel. Se quiser saber novidades, comenta aqui.

Como em todo processo de criação, tem horas que a gente paralisa. Do que me fechar, tentei me abrir e soltei no facebook:

Foram 65 comentários até agora, uma tempestade de ideias e novos caminhos criativos. Sou muito grato a todos que comentaram, discutiram, curtiram e compartilharam. Se você quiser participar, vai lá.

Os principais pontos levantados foram relacionados a:

  • Pessoas e equipe
  • Medo e insegurança
  • Tempo e organização
  • Dinheiro e financiamento
  • Disciplina e (des)motivação
  • Começar e continuar
  • Planejamento e clareza

Não tenho, nem espero ter todas as respostas. Mas o mais importante é que agora me sinto um pouco mais seguro para criar em cima de necessidades reais.

Estou mais atento ao que tem mais valor pras pessoas, o que é mais difícil pra elas. E posso modelar o livro de acordo com os pontos levantados.

O aprendizado do dia é simples. Se você não sabe o que oferecer às pessoas, pergunte o que elas querem.

Pode ser que a gente não resolva os problemas delas. Mas, pelo menos, descobrimos onde podemos depositar nossa energia para produzir e entregar valor.