Momento da verdade para o Unlock

(Ou, se vocês querem que o Unlock siga existindo, é preciso fazermos algo até dia 15 de março)

Querid@s,

A gente fez o Unlock com muito amor e tesão, acreditamos muito no modelo e no propósito de libertar potenciais. Mas a gente não quer mais tocar o Unlock da mesma forma.

Estamos cada vez mais envolvidos com outros projetos que, de muitas formas, libertam nosso potencial. Por isso, queremos tornar o Unlock ainda menos dependente do nosso trabalho.

Isso pode resultar no seu fechamento e/ou migração para outra plataforma, na formação de uma nova equipe ou outra coisa que possa surgir. O importante é que a decisão está tomada: é hora de mudanças significativas.

Até então, não tínhamos pressa pra tomar essa decisão, pois estava (quase) tudo funcionando bem. Mas aconteceram duas coisas recentemente que criam certa urgência:

1 - Tem um bug com o Moip acontecendo. E o Daniel Weinmann não tem como se envolver agora para resolvê-lo. Não chegamos nem a descobrir a magnitude do bug. Mas já fomos avisados no grupo do Facebook e também pelo pessoal do Moip.

2 - Os custos aumentaram (alta do dólar + aumento de servidores e serviços web) e os apoios ao Unlock do Unlock diminuíram. Naturalmente, já que a gente quase não fez contato com nossos apoiadores nos últimos meses. Hoje, o Unlock do Unlock não está alcançando os custos mensais de operação: estamos funcionando no vermelho, sem tempo nem pra fazer as contas e apresentar números precisos.

Estamos trazendo isso abertamente, talvez um pouco tarde, pois precisamos da ajuda de vocês para decidir entre:

1 - Fechar o Unlock e recomendar que todo mundo migre para o Apoia.se, Recorrente, etc. Sabemos que são projetos incríveis de pessoas incríveis, e que oferecem coisas que o Unlock não oferece hoje, como metas e recompensas, por exemplo. Claro que o Unlock tem coisas que só ele tem. Como taxa zero, autonomia total do criador do projeto e não-seleção de projetos. Se for possível manter o Unlock operando, vai ser lindo. O que nos leva para a segunda opção.

2 - Incluir na equipe do Unlock desenvolvedores, designers e comunicadores que queiram empreender o projeto. Essa opção seria genial. E, se for a decisão a ser tomada, queremos escolher muito bem os envolvidos.

De toda forma, tudo que a gente fez até hoje é Open Source, então se alguém que a gente não escolher quiser usar o código, é só usar! Botamos fé. Só não assinamos em baixo :)

A ajuda que pedimos é a seguinte:

Se vocês acham que é uma boa migrar pra outra plataforma e fechar o Unlock, escrevam no grupo do facebook. Sem apego! O propósito do Unlock é libertar potencial. Vamos continuar libertando, independente do que acontecer com a plataforma :)

Se vocês têm vontade de que o Unlock siga existindo, avisem aos 4 ventos que precisamos de um novo time e peçam para os interessados preencherem este formulário.

Vamos conversar com pessoas até dia 15 de março. Se até lá tivermos um novo time, iniciamos o processo de mudanças, mantendo a plataforma e dividindo novamente as responsabilidades. Do contrário, fazemos o movimento de fechar a lojinha.

De qualquer forma, nós não seguramos seu dinheiro, nem suas assinaturas. Por isso, os apoios feitos através do seu Unlock pra sempre ficarão associados à sua conta no Paypal e/ou Moip e podem ser gerenciados por lá. Com ou sem Unlock.

Por favor, não se detenham ao que pensamos. Essas foram apenas as ideias que nos ocorreram. Estamos trazendo pra vocês justamente porque confiamos que o imprevisto vai emergir!

Beijos nos corações,
Larusso e Weinmann - Unlock.