Frequentemente, o pedaço de papel em branco vence

"Ser escritor é um tipo peculiar de trabalho. É sempre você contra uma folha de papel (ou tela) em branco. Frequentemente, o pedaço de papel em branco vence." - Neil Gaiman.

Todo mundo que se dispõe a transformar a realidade precisa estar disposto a encarar a possibilidade de não conseguir.

É muito mais frequente do que parece. Afinal de contas, somente as folhas que foram bem utilizadas são vistas. Só acessamos as histórias que foram contadas, os livros que foram escritos, os projetos que saíram do papel.

Todo criador tem mais folhas em branco escondidas do que criação para mostrar. Faz parte do processo de quem faz lidar com o vazio criativo. E aceitá-lo como campo necessário para que surja a criação.