333 Páginas saindo do papel

"Todas as recompensas por criar arte não estão em sua criação. Isso porque a arte não é realmente arte até que você tenha se conectado a alguém, até que tenha feito contato e emocionado outra pessoa. Você leva sua arte e a transporta de lá pra cá sem nada, a não ser a ousadia, a fé e a paixão, e somente depois de aterrissar é que você descobre que sua arte foi considerada "boa". Essa é a grande diferença entre a arte e o marketing direto, entre arte e trabalho, entre arte e quase todo o resto que você faz na vida. Em todas as outras coisas da vida, o negócio é 'se fizer isto, conseguirá aquilo'. No mundo da arte, a questão é 'bem, outras pessoas fizeram algo do tipo que você espera fazer e, às vezes, mas nem sempre, deu certo para elas. Você terá de tentar para descobrir'." - Seth Godin em A Ilusão de Ícaro.

Quando eu era criança, meus dias mais felizes eram os que eu me jogava em uma livraria. Era levado pelos meus pais e poderia ficar lá sempre mais do que eles aguentavam. Secretamente, queria escrever um livro também. E, assim, materializar meus pensamentos. Distribuir meus aprendizados. Eternizar meus devaneios mais especiais. Tocar as pessoas. Tenho adiado há tempos este sonho. Até hoje.

333 Páginas para tirar seu projeto do papel será o primeiro de muitos livros que espero fazer nascer. Ele já está quase pronto. E a cada dia mais perto de ser lançado. (Segredo: fora ele, já estou com outro em fase inicial). 

Hoje, 333 Páginas dá um grande passo para ganhar vida. Graças ao apoio de mais de 173 pessoas, em apenas 8 dias, alcançamos a meta do financiamento coletivo. Está confirmado, vai ser finalizado, impresso e distribuído. Mas ainda temos muitos dias de campanha e temos livros pra todo mundo. Veja o projeto no Catarse aqui.

Sou grato por você ter se conectado, ter se prestado a compartilhar, caprichar no texto do facebook, marcar seus amigos, ler o projeto, ver o vídeo, escolher uma recompensa, preencher seus dados e apoiar nossa arte. Sou grato por ter descoberto o livro agora e se interessar por ele. Em tempos de tanta distração e dúvidas, ter sua atenção e sua confiança é um enorme privilégio.

Sou grato também aos meus amigos e parceiros Luciano Braga e Gab Gomes , co-autores de 333 Páginas. Os caras incríveis que escolhi a dedo pra me acompanharem neste projeto e, finalmente, tirar ele do fantasioso mundo das ideias.

Mais uma vez, a todos vocês, obrigado por me permitirem fazer arte. Ou por tornarem o que faço, arte. Seguimos conectados, nos retro-alimentando.

Foto tirada antes do projeto ser financiado. Juro que estamos muito mais felizes do que parece.

Foto tirada antes do projeto ser financiado. Juro que estamos muito mais felizes do que parece.