Em caso de emergência

Quando o avião despressuriza (nunca aconteceu com você?), caem as máscaras. Primeiro colocamos as nossas próprias, garantimos nosso oxigênio, depois ajudamos a pessoa ao lado.

Não é egoísmo, é a maneira mais inteligente para que o máximo possível de pessoas saia bem dessa. Um passo de cada vez. Já pensou que confusão seria cada um tentando pôr uma máscara no outro?

Pode parecer óbvio. Mas, na emergência, no risco de morte, cuide-se, e logo em seguida cuide de quem está mais perto. Antes de perder o sono pelo amigo, sair do vermelho e, então, ajudá-lo. Antes de salvar o mundo, salve seu mundo. Antes de resolver o problema que achamos que o outro tem, resolvemos o nosso.

Vale pra vida. Na urgência, antes a gente, depois quem está perto. Primeiro saimos do perigo, depois ajudamos o necessitado mais próximo.