Cuide do seu tempo

"Como gastamos nossos dias é, obviamente, como gastamos nossas vidas. O que fazemos com uma hora, ou outra hora, é o que estamos fazendo. Cronograma nos protege do caos e do preciosismo. É como uma rede para pegar os dias." - Annie Dillard.

Quando eu trabalhava no meio publicitário, aprendi que se você é rápido demais, eles vão te dar mais trabalho, e você vai trabalhar mais. Se você for lento, vai esticar para além do seu horário e comer pizza trabalhando. No mundo do emprego, o bom negócio é ser preciso no tempo, já que você é obrigado a trabalhar por hora.

Quando o trabalho se tornou meu, empolgado com a alforria, começava e ia trabalhando até achar que ficou pronto. Não existia hora de começar ou terminar. Meus cronogramas eram simplesmente o tempo que eu conseguia e aguentava trabalhar. No mundo dos autônomos, o bom negócio é saber gerenciar bem o seu tempo, já que você pode otimizá-lo.

No passado, violentava meus dias, sem saber, estimulava a procrastinação, o perfeccionismo e o caos. Um trabalho atropelava o outro, as tarefas se confundiam e se misturavam.

Depois de muito me ferrar, com a experiência e a cancha, me dedico hoje a 1) deixar mais claro pra mim mesmo o que eu estou fazendo e 2) limitar o tempo de trabalho.

Vou responder emails por uma hora. Faço o que dá. O que escapou fica pra próxima hora de emails, outro dia. Tento ser sucinto e significativo, com poucas palavras. Afinal de contas, eu não quero chegar ao fim da vida e me dar conta de que respondi um milhão de emails que não me serviram pra nada.

Talvez você já saiba que sou anti-reuniões. Escrevi sobre isso. Se não consigo escapar de uma, procuro saber exatamente onde queremos chegar e quanto tempo temos. Antes disso, tento resolvê-la por email ou nem isso.

A vida é muito curta pra gente se perder em trabalho que não é significativo, que não entrega valor pras pessoas e que não nos toca. Disciplina é liberdade.

"Eu sobrevivi a outra reunião que poderia ter sido um email."

"Eu sobrevivi a outra reunião que poderia ter sido um email."