Sugestões para você considerar

“O poder dos inquietos”, de Chris Guillebeau, é um livro que me inspira.

Hoje, o querido Tinno Zani publicou um trecho que caiu em boa hora pra mim.

Abaixo, pra você. No livro, corresponde às páginas 40 e 41.


Algumas sugestões (o que incluir e o que deixar de fora)

Não quero dizer a você quais devem ser suas metas. A vida é sua, e você faz as regras. No entanto, princípios podem ser bons pontos de partida, então, pense nas ideias a seguir como sugestões para você considerar.

O que incluir

  • Todo o tempo que desejar para os entes queridos.
  • Todo o tempo de que precisar para pensar ou planejar.
  • Trabalho divertido, gratificante e desafiador.
  • Algum tipo de independência financeira.
  • Algumas metas “aventureiras”, como escalar o Kilimanjaro ou viajar a pé pelo Nepal.
  • Alguma espécie de metas de viagens, com base nas suas preferências pessoais.
  • Algo que outras pessoas não entendem, mas que faz todo o sentido para você.

O que deixar de fora

  • Drama e pessoas que gostam de reclamar.
  • Atividades improdutivas ou qualquer trabalho que, no final, não tem valor.
  • Cronogramas determinados pelos outros.
  • Obrigações ou coisas desnecessárias que fazemos movidos pela culpa.